Nós utilizamos cookies para melhorar o nosso site e a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar no site está a concordar com a utilização de cookies. Encontra aqui mais informações sobre privacidade.

Aceitar.

Equipe SPEEDLINE RACING nas

24 Horas de Nürburgring

Data: 22. Agosto 2019

O RONAL GROUP mais uma vez marcou presença este ano na corrida de 24h no «Inferno verde», junto com o parceiro Pirelli e cerca de 150 colaboradores voluntários. Nessa ocasião, nossos colegas assumiram as mais diversas tarefas.

Todo ano, a corrida de 24h gera diversas atividades. Desde a organização das barracas, inclusive catering no acampamento dos pilotos, até a assistência no pavilhão dos expositores, criação de conteúdos para a comunicação e mídias, serviço de motorista ou inúmeras funções no box, relativas aos automóveis – cada um dos participantes voluntários contribui com seu trabalho de forma decisiva para o sucesso da equipe inteira. Conversamos com três participantes da edição deste ano da SPEEDLINE RACING: Philipp (Lean Manager em Landau, Alemanha), Alexandra (Designer Wheel Engineering em Härkingen, Suíça) e Santiago (Controle de qualidade em Teruel, Espanha). Os três desempenharam funções nos boxes, todas relacionadas ao tema «rodas e pneus».

Quais eram suas tarefas no local e em quais equipes vocês estavam alocados? O que vocês gostaram em suas áreas de atuação e o que vocês fizeram nas horas de lazer?

Philipp: «Minha equipe e eu éramos responsáveis pelos pneus no Z4 (medição de pressão e temperatura dos pneus, etc.). Eu levava os pneus até o carro durante o pit stop e auxiliava os mecânicos. Quando sobrava tempo, ajudava as demais equipes. Depois que o nosso carro quebrou, ajudei, na medida do possível, em um ou outro conserto. Antes da largada, tivemos bastante tempo para dar uma olhada no circuito e conhecer outros boxes e carros de corrida. Terminado o trabalho, era prazeroso terminar o dia ao som de música ao vivo, acompanhada de boa comida e uma cerveja gelada.»

Alexandra: «Eu também fiz parte da equipe de rodas-pneus do Zetti. Minha função consistiu em organizar e administrar os conjuntos de pneus; ajustar as pressões de ar requisitadas para os conjuntos bem como verificar a temperaturas dos pneus na câmara de aquecimento. Naturalmente as rodas precisam ser lavadas após cada troca de pneu. Esse era um serviço que cada membro de equipe gostava de fazer, já que proporcionava um refresco bem-vindo nesses dias quentes. Eu adorei estar no meio de toda essa atividade e lidar com rodas/pneus – o que mais eu poderia desejar! No meu tempo livre eu assisti ao TopQualifying dos 30 mais velozes. Também visitei e fiz compras no Boulevard.»

Santiago: «Minha participação também foi na equipe de pneus. Minha tarefa era a de verificar a temperatura e a pressão do pneu no momento da troca de pneus no box. Esse trabalho – a exemplo de todos os trabalhos com pneus – precisa ser realizado com máxima rapidez e precisão, toda vez é uma injeção de adrenalina. A equipe SPEEDLINE RACING organizou inúmeras atividades de lazer nas horas vagas para todos os ajudantes. Entre elas havia um passeio percorrendo o circuito completo e um encontro com um grupo que montou um acampamento para acompanhar a corrida. Esse grupo foi extremamente simpático e nos tratou como se fizessemos parte dele.»

Vocês vivenciaram algum ou até vários pontos altos durante esses dias?

Philipp: «O fim de semana inteiro foi um ponto alto: Os pit stops, a proximidade de onde tudo acontece, simplesmente tudo! Demora alguns dias para processar todas as impressões. Fiquei muito impressionado com o trabalho de equipe. Todos se ajudavam mutuamente, trabalharam em conjunto e se divertiram ao mesmo tempo.»

Alexandra: «Sim, foi quando o novo motor instalado do Zetti ligou e conseguiu, depois de oito horas, finalmente voltar à pista. O Top Qualifying dos 30 mais velozes na curva Hatzenbach também é sempre um destaque especial para mim. Pura emoção, quando os mais rápidos passam voando na curva, a apenas alguns metros de distância.»

Santiago: «Eu lembro de dois momentos muito especiais. O primeiro foi a largada. Tivemos a possibilidade de estar bem próximos na formação do grid de largada e pudemos admirar todos os carros de corrida de perto. Carros fantásticos, que normalmente não temos a oportunidade de ver nas ruas. O segundo momento foi a chegada dos carros de corrida. Todos aguardavam ansiosamente pela chegada de suas equipes e as receberam com bandeiras e muito entusiasmo.»

Como foi a cooperação com os demais participantes no local e o que significou para vocês, fazer parte da equipe SPEEDLINE RACING?

Philipp: «Foi simplesmente maravilhoso ter participado da equipe, onde todos se ajudaram mutuamente. Ao atravessar a linha de chegada, dava para perceber que, depois do fim de semana, todos tinham virado uma grande equipe, ou melhor, uma «família».

Alexandra: «A cooperação entre todos os participantes foi muito tranquila. Mesmo em situações de estresse, todos souberam manter a calma, ninguém alterou o tom de voz. Os profissionais de Walkenhorst também foram extremamente simpáticos e prestativos. É claro que fazer parte da equipe SPEEDLINE RACING foi motivo de muito orgulho para mim – estar no meio de tudo e não apenas acompanhar!»

Santiago: «O trabalho em conjunto funcionou muito bem! Todos estavam sempre empenhados em se ajudar mutuamente e o clima era de pertencimento entre todos os participantes. Obviamente também surgiram momentos de tensão, mas trata-se de um circuito de 24h, durante o qual tanto os carros quanto as pessoas envolvidas estão na ativa praticamente sem dormir. Assim, fazer parte da equipe foi um privilégio para mim. Tanto o pessoal da SPEEDLINE RACING como também a equipe do box (pilotos, proprietários dos carros, …) nos trataram como membros integrais da equipe.»

Qual seria a avaliação geral da edição 2019 do circuito de 24h em Nürburgring?

Philipp: «Uma das experiências mais fascinantes e maravilhosas que eu já vivenciei. Tive a oportunidade de conhecer muitas pessoas, isso foi fantástico. Nessas circunstâncias, você conhece outro lado das pessoas, estabelece um relacionamento melhor. Acho ótimo que a empresa ofereça essa oportunidade aos seus colaboradores e tenho orgulho de dizer, que trabalho no RONAL GROUP.»

Alexandra: «É incrível perceber, como 150 participantes se transformam em uma unidade em apenas alguns dias – o ápice do espírito de equipe! Apesar das várias personalidades diferentes, todos se entenderam perfeitamente no final, isso é incrível no circuito.»

Santiago: «Você conhece pessoas de outras fábricas, com as quais se constrói boas relações. Além disso, você tem a possibilidade de acompanhar, na própria pista, uma das mais famosas corridas da Alemanha e participar como membro de uma equipe. Você pode participar de várias atividades, e o pessoal da SPEEDLINE RACING organizam tudo de tal forma, que você se sente absolutamente bem-vindo. É uma experiência inesquecível, que só posso recomendar.«