Nós utilizamos cookies para melhorar o nosso site e a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar no site está a concordar com a utilização de cookies. Encontra aqui mais informações sobre privacidade.

Aceitar.

A princesa dos camiões, Christina Scheib

no stand da feira IAA da SPEEDLINE TRUCK

Data: 4. Outubro 2018
Mais links:

Pela quarta vez, a SPEEDLINE TRUCK esteve presente na feira IAA de Hannover de 20 a 27 de Setembro. Além do vasto programa de produtos, houve desta vez, um outro ponto alto: Na sexta-feira, dia 21 de Setembro recebemos a visita da princesa dos camiões Christina Scheib (33) no nosso stand.

Por volta das 14 Uwe Springer, Sales Manager da SPEEDLINE TRUCK para a Alemanha e a Áustria presenteou-a no nosso stand E10 na sala 24 com uma jante de camiões muito especial: uma SLT 2907 de alto brilho no tamanho de 22.5 × 9.00 polegadas, que foi gravada especialmente para ela pelo tatuador de jantes Edmund “Eddy” Schuster.

Aproveitámos a oportunidade para lhe fazer algumas perguntas.

Christina, quando ou como é que tiveste a ideia de ser motorista de camiões pesados?

Desde a infância que sonhava escolher uma profissão que não fosse comum para mulheres. Primeiro pensei em ser carpinteira ou marceneira. Infelizmente acabei por perder de vista este objetivo e em vez disso fui estudar para ser assistente de medicina. Mas à medida que fui ficando mais velha e quando comecei a dar assistência em estrada numa empresa de reboques, a ideia de conduzir camiões começou a ganhar força e trabalhei muito para poder financiar tudo. Por fim consegui e realizei o meu sonho e não me arrependo de nenhum minuto nem de nenhum cêntimo.

Como é trabalhar numa área tão especificamente masculina? Quais são, na tua opinião, as vantagens e desvantagens? O que é que te diverte mais na tua profissão?

Ao contrário da opinião de muitos homens que têm todo o prazer em ajudar e proteger, nós mulheres ficamos também contentes quando conseguimos fazer as coisas sozinhas “sem ajuda”. Além disso não quereríamos ter uma profissão que não conseguíssemos desempenhar. Eu pessoalmente acho o máximo trabalhar num profissão masculina. Não só para mostrar que como mulher também consigo, mas também para fazer e realizar algo especial.

Como desvantagem devo dizer que nós mulheres neste ramo temos de provar o nosso valor todos os dias. Quando um principiante não faz marcha-atrás na perfeição, dizem todos: “Ainda é jovem, precisa de aprender.” Mas se uma mulher tem um dia mau (o que acontece também aos homens) o que se ouve é: “Típico de mulher, nem marcha-atrás consegue fazer.” Por isso como mulher é muitas vezes mais exigente. Temos de dar sempre 120 por cento.

O que mais me diverte no meu trabalho é ver o resultado. Simplesmente ver a nova estrada e a nova casa para as quais contribuímos.

Qual é para ti a importância de ter umas jantes bonitas (seja em ligeiros seja em pesados)?

Ter jantes bonitas é tão importante como ter um camião muito bem limpo. É muito importante para mim como primeira impressão que tudo esteja impecável.

De onde conhecias a SPEEDLINE TRUCK e o Eddy? Como surgiu esta ação aqui connosco no Stand?

A linha SPEEDLINE TRUCK conheço por são as minhas próprias jantes, do meu camião. Eddy e o seu trabalho conheci através do Facebook.

O que achaste da ideia de gravar jantes? O que vais fazer com a jante SLT tatuada?

Gostei da ideia. E é bastante original. Talvez não se aplique a todos, mas as pessoas que tem um camião ou carro especial, também gostam de jantes especiais.

Também apareces em diversos programas de televisão, entre eles os “Asphalt Cowboys”. Como é que isso surgiu?

Entrei nos “Asphalt Cowboys” por mero acaso. A produtora reparou em mim e escreveu-me para saber se eu tinha vontade de participar. Primeiro pensei que fosse uma brincadeira. Depois de investigar um pouco constatei que afinal não era uma piada. Nem queria acreditar, chamei o meu chefe e perguntei-lhe se ele podia imaginar. Ele disse sem hesitar que sim e depois tudo seguiu o seu curso.

O que lhe agradou na IAA, especialmente no nosso Stand?

A IAA achei extremamente interessante. O vosso stand agradou-me muito. O vosso pessoal foi simpático, muito bem organizado e tudo foi muito informativo. Espero encontrar-vos novamente em Hannover daqui a dois anos.

Também nós agradecemos a tua visita, Christina!